5 passos para construir resiliência e aumentar a energia

Por Rafael P. (Brazil)

Sempre sentia que tinha que agradar a todos, e isso me levou a uma redução da energia e a um aumento dos níveis de ansiedade e estresse ao longo dos anos. Em diferentes funções em meus empregos anteriores, fui capaz de me conectar e interagir com muitas pessoas, centenas delas, em muitos países ao redor do mundo. Eu adorava e ainda fico animado quando conheço pessoas novas hoje, quando trabalho em projetos para o meu próprio negócio.

Pode parecer muito simples – trabalhar com pessoas – mas é a coisa mais desafiadora e inspiradora que já vivenciei.

  • É desafiadora porque estou constantemente interagindo com pessoas de todo o mundo, de diferentes culturas e com diferentes estilos e métodos de comunicação. Pessoas com diferentes atitudes, interesses, egos e formas de trabalhar.
  • É inspiradora porque estou sempre aprendendo algo novo com todas essas pessoas, o que enriquece minha visão sobre como dirigir meu negócio, como estabelecer e manter relacionamentos pessoais, além de interagir com realidades diferentes da minha própria cultura.

Essa experiência me ensinou a administrar e usar melhor minha energia. Quando digo ENERGIA, quero dizer o tempo, esforço e atenção que presto às coisas, pessoas e atividades que faço. Percebi que TODOS somos feitos de energia e atraímos energia (positiva ou negativa), dependendo de como reagimos às coisas e da atenção que prestamos a elas.

Desenvolver as seguintes habilidades interpessoais e procurá-las nos outros aumentou muito meu nível de energia, além de equilibrá-lo e, consequentemente, aumentou a energia positiva que os outros percebem em mim.

  1. Atitude. Interajo com pessoas que são otimistas, que não desistem facilmente e que não reclamam constantemente.
  2. Resiliência .Trabalhar na minha empresa ou em um relacionamento é, no nível emocional, como uma montanha-russa. Os altos e baixos que experimento semanalmente (e às vezes diariamente) determinam meu caráter e minha força de vontade para continuar.
  3. Empatia. Trabalho com muitas pessoas que se preocupam com os outros, que têm empatia. Todos nós temos nossos próprios desafios, então tento entender os outros e ter empatia com eles, especialmente quando coisas inesperadas acontecem.
  4. Habilidades complementares. Identifico e interajo com pessoas, profissionais ou empresas que podem complementar minhas habilidades quando inicio um novo projeto (pessoal ou profissional). Por isso, procuro colegas que possam agregar valor à minha vida e ao meu negócio, e situações em que eu possa agregar valor a eles.
  5. Boa comunicação. Tento manter minha comunicação clara e eficiente para minimizar mal-entendidos, bem como maximizar a transparência e o progresso. Grande parte do fracasso de novos relacionamentos ou negócios se deve à falta de comunicação entre parceiros, colegas no trabalho, entre outros.

Essas diretrizes estão funcionando para mim! Colocar minha atenção nessas cinco áreas-chave transformou o desequilíbrio que sentia em muitas coisas positivas, em diferentes aspectos da minha vida, incluindo minha saúde, trabalho e desenvolvimento pessoal, além de me ajudar a construir resiliência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A empresa processa seus dados para facilitar a publicação e gerenciamento de comentários. Você pode exercer seus direitos de acesso, retificação, exclusão e oposição, entre outros, de acordo com nossa Política de privacidade .