Linfoma de Hodgkin após 3 anos de diagnóstico incorreto

Por: Jessica DeCristofaro (USA)

Câncer é uma palavra assustadora. É uma palavra que você nunca entenderá até que aconteça com você. No entanto, você nunca pensa que isso vai acontecer com você, até que aconteça. Em 2016, fui diagnosticada com Linfoma de Hodgkin em estágio 4B após 3 anos de diagnóstico errado. Fui forçada a entrar em um mundo que não conhecia. É uma loucura olhar para trás, porque eu tinha todos os sintomas de Linfoma, mas cerca de 10 médicos diferentes confundiram com alergias e refluxo. Eu tinha todos os sintomas. Eu era jovem. Eu parecia saudável. Muito jovem para ter câncer. Mas as aparências enganam, e a minha aparência me enganou até que tive uma parada respiratória e fui parar no pronto-socorro pouco antes do meu aniversário de 29 anos. Parabéns para mim, né?

O primeiro hospital que fui não podia me tratar porque o câncer estava muito avançado e havia metástase em todos os órgãos do meu corpo. Pela graça de Deus, fui transferida para o Sylvester Comprehensive Cancer Center, em Miami. Comecei imediatamente a quimioterapia na UTI. Eu tive 4 ciclos de BEACOPP depois de ficar em remissão completa depois de dois. Após o quarto ciclo, o câncer voltou. Tive 20 radiações imediatas para basicamente todo o meu corpo e, em seguida, mais dois ciclos de BEACOPP. Atualmente, estou em remissão desde 18 de agosto de 2016, após 7 meses esgotantes.

Milagres acontecem e estou aqui para compartilhar isso com o mundo inteiro. Às vezes, quando você pensa que foi enterrado, na verdade você foi plantado. Ao longo de minha jornada, criei uma página de blog/Instagram para ajudar a criar conscientização, documentar minha trajetória e ajudar outros pacientes com câncer durante o processo. Descobri que a reação de outros lutadores por aí foi tão comovente, que escrevi um livro intitulado “Talk Cancer to Me”, já que não existe um guia real sobre o câncer. Estou me aproximando do meu quinto ano de remissão, o que estatisticamente me consideraria “curada” do câncer, algo que nunca pensei que fosse possível para mim. No momento, estou terminando meu segundo livro, que fala tudo sobre a vida após o câncer. Espero que compartilhar minha história ajude outros a combater essa doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A empresa processa seus dados para facilitar a publicação e gerenciamento de comentários. Você pode exercer seus direitos de acesso, retificação, exclusão e oposição, entre outros, de acordo com nossa Política de privacidade .