A meditação me ajudou a perceber que sou responsável por minha própria felicidade

Por: Paloma (Spain)

Graças ao meu professor de inglês, que me apresentou ao mundo da meditação, aprendi que a vida nos dá a oportunidade de nos mostrar como somos.

Nas aulas de conversação, e também graças às leituras recomendadas de alguns livros que estudamos, aprendi a valorizar a vida de uma forma diferente: descobri que não é preciso somente respirar, desejar, sonhar, lutar, correr, mas é, também, enfrentar os problemas que vêm até nós. Foi aí que a meditação desempenhou um papel importante: ela me ajudou a ter uma mente mais clara e a obter emoções mais positivas para encará-los.

Nunca fui uma pessoa, digamos assim, muito “zen”… Mas, graças àquela pequena apresentação do meu professor, foi o suficiente para me fazer ver certas coisas da vida em outra cor, em uma cor que gostamos mais e que nos ajuda a levantar todos os dias com entusiasmo. E, acima de tudo, me levou a pensar que somos nós que conquistamos nossa própria felicidade. Não devemos deixar de ter vontade e, acima de tudo, devemos continuar praticando… pois o propósito da nossa vida é ser FELIZ, embora às vezes encontremos pedras no caminho.

Tudo o que aprendi nessas aulas tentei colocar em prática no meu dia a dia, no meu trabalho, na minha família, nos meus amigos e, até hoje, continuo a fazê-lo e, devo dizer, que para mim funciona. Tento fazer com que o sorriso seja parte de mim e cheguei à conclusão de que provavelmente todos esses aprendizados me levaram a revelar meu HERÓI interior e a despertar um sorriso nos outros e ter empatia por aqueles que não estão passando por um bom momento. Aprendi não somente com meu professor ou com os livros, mas também com aqueles que me rodeiam e me ensinam muito, aqueles que eu admiro e que, para mim, SÃO VERDADEIROS HERÓIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A empresa processa seus dados para facilitar a publicação e gerenciamento de comentários. Você pode exercer seus direitos de acesso, retificação, exclusão e oposição, entre outros, de acordo com nossa Política de privacidade .